Como escolher a próxima brincadeira com criatividade?

Uma das coisas mais comuns, na hora de brincar, é que as crianças ficam sem ideia do que querem fazer. Isso pode acontecer por inúmeros motivos, principalmente por termos todas as opções, não sabemos por onde começar. Para te ajudar a escolher uma brincadeira com os pequenos, adivinha só… temos uma outra brincadeira! 

Que tal criarmos um estoque de brincadeiras e ideias para passar o tempo? 

Esta é uma atividade que estimula a criatividade das crianças e também é super útil nos finais de semana e férias, quando elas têm tempo para se divertir e as ideias podem acabar. 

Para criar o seu estoque de diversão, você pode seguir os passos abaixo: 


1

Reúna as crianças e façam uma lista de brincadeiras legais, possíveis de serem realizadas em casa. Neste momento, é legal deixar a criança pensar, para que ela veja possibilidades novas em um ambiente que já está acostumada. Assim ela poderá ter ideias diferentes, com os mesmos brinquedos.


2

Com a listinha feita, é hora de montar o pote! Pegue um pote, pode ser de vidro ou tipo um cofrinho.


3

Escreva cada brincadeira em um pedacinho de papel, dobre e deixe lá dentro. 


4

Assim, quando os pequenos estiverem sem ideias, eles poderão recorrer ao pote da diversão!

O Imagine-me ZERO pode ser uma ótima alternativa para o pote da diversão! Com o jogo, você aprende criando: desenvolve personagens fantásticos enquanto exercita sua criatividade e capacidade imaginativa e de expressão.

Clique aqui e confira.

Explore as possibilidades

Você pode usar esta técnica com outros assuntos da casa, como por exemplo o cardápio. Crie um pote com algumas sugestões de lanchinho e deixe a criança sortear para escolher qual será o lanche do dia seguinte, algo neste sentido. Quem sabe criar um pote com os livros e filmes? Para os dias chuvosos, pode ser uma ótima maneira de manter a família entretida.

É uma maneira simples e prática de envolver as crianças nas decisões e também se divertir. Com certeza elas vão gostar de ter a surpresa ao retirar um papelzinho do pote.

É ruim a criança ficar “sem ideias”?
Não, o tédio pode ser um grande estímulo!

De acordo com o Dr. Sandi Mann, psicóloga da University of Central Lancashire na Grã-Bretanha, quando ficamos entediados o cérebro sai do consciente e entra no subconsciente, absorvendo e refletindo sobre situações conhecidas. 

Em 2013, a Dra. Mann publicou os resultados de um estudo sobre o tédio. No estudo, ela pediu para que os participantes imaginassem formas inventivas de utilizar dois copos de espuma. A Dra. descobriu dessa forma que as pessoas que tinham acabado de passar um tempo realizando tarefas entediantes tinham ideias mais originais do que os seus colegas que não haviam passado por essa experiência.

A pesquisa concluiu que quando estamos vivendo uma situação tediosa, a nossa mente começa a procurar estímulo em suas mentes subconscientes. Sem dúvida, no subconsciente se produz um pensamento inovador. 

Você pode ler mais sobre o Tédio X Criatividade, aqui!

Oferecer possibilidades para novas experiências e envolver as crianças no processo, pode ser muito valioso para o desenvolvimento criativo, mas cada criança tem um seu tempo e a sua maneira de fazer. Dê espaço e incentivo para que ela descubra!