O que acontece com a sua criatividade quando você cresce?

Em 1968, a NASA encomendou um experimento aos pesquisadores George Land e Beth Jarman. A agência espacial norte-americana desenvolveu um teste para uma população de crianças, o objetivo era identificar pessoas com uma extraordinária capacidade criativa. 

Os resultados que eles obtiveram foram que 98% das crianças de 5 anos podiam ser catalogadas como altamente criativas. Quando essa informação foi revelada, alguns psicólogos repetiram o experimento quando aquelas crianças tinham 10 anos e mais tarde aos 15 anos e 31 anos. 

“98% deles pontuaram no nível de gênio”

O resultado final? Bom, à medida que as crianças cresciam, a capacidade criativa diminuía. O teste constatou que na infância, 9 em cada 10 crianças têm algum tipo de genialidade, mas quando atingem a idade adulta, apenas 2 em cada 100 seguem sendo criativos. Isso significa que quando saímos da escola, já estamos muito menos criativos do que quando entramos. 

Leia também:
Brincadeiras que não precisam de material e estimulam a criatividade!

Afinal, você se lembra de como era o seu nível de criatividade quando criança? Como você agia durante as brincadeiras, se era uma criança cheia de imaginação, se conseguia se desligar facilmente da realidade ao criar uma história…

Sem dúvidas, crescer é uma das coisas que nos afasta do mundo criativo. As normas sociais e a forma que o mundo nos espera é repleto de regras. Aprendemos como devemos agir, como devemos estudar, como devemos olhar para o mundo e as possibilidades criativas vão se tornando cada vez mais distantes do mundo real. 

A importância dos métodos criativos na educação infantil

Ao realizar o teste e buscar respostas sobre o funcionamento da mente, George e Beth (os pesquisadores que citamos lá no começo do texto) pontuaram que o cérebro funciona de duas maneiras: divergente e convergente. 

Pensamento DIVERGENTE
É um processo de pensamento que tem como objetivo achar o maior número possível de soluções para um problema. Essa capacidade é usada para gerar ideias e resolver algo criativamente. 

Pensamento CONVERGENTE
Consiste em achar uma única solução apropriada a um problema. Normalmente envolve um conjunto mais claro de regras e procedimentos, como o método cartesiano.

Ambos funcionam como um acelerador e um freio da mente. Quando educamos as crianças, no sistema tradicional de ensino, estamos dizendo para elas frearem e acelerarem, ao mesmo tempo. O que acaba diminuindo o poder do cérebro, pois estamos colocando nossas duas forças mentais para “brigar”. Afinal, estamos constantemente criando obstáculos criativos para justificar julgamentos e nos adequarmos a eles.

Assista ao vídeo com o próprio George Land sobre o tema:

O que podemos fazer?

 Agarre-se a todas as oportunidades criativas que a rotina proporciona. Se você convive com alguma criança na faixa dos cinco anos, observe-a e veja como ela tem insumos criativos. Nós temos a oportunidade de aprender com as crianças e fazer o que estiver ao nosso alcance para oferecer um ambiente amigável para a imaginação. Experimente e exercite a sua mente! 

Fontes: 
Forbes, Terra

One thought on “O que acontece com a sua criatividade quando você cresce?

  1. Como qualquer músculo, o cérebro precisa de treinamento e estimulação constante. Não seria diferente com a criatividade. Excelente texto!

Comments are closed.