As 10 habilidades do Profissional do Futuro

Um mundo que é cada vez mais automatizado requer que formemos profissionais cada vez mais flexíveis e que estejam bem alinhados com as tecnologias digitais. O mundo do futuro requer habilidades do profissional do futuro!

Para voc√™ n√£o precisar, conferimos a pesquisa Futuro dos Empregos, realizada pelo F√≥rum Econ√īmico Mundial em 2023, e resumimos o que voc√™ mais precisa saber sobre as 10 habilidades mais importantes do futuro.

1ÔłŹ‚É£ Pensamento anal√≠tico e criativo

Com a automa√ß√£o desempenhando tarefas rotineiras, a capacidade de analisar informa√ß√Ķes e resolver problemas complexos torna-se crucial.

2ÔłŹ‚É£ Intelig√™ncia Artificial e Big Data

A IA está começando a se fazer presente em todos os lugares, e a compreensão de como trabalhar com dados enormes (big data) e IA é uma habilidade altamente valorizada.

3ÔłŹ‚É£ Lideran√ßa e influ√™ncia social

Habilidades de lideran√ßa, juntamente com a capacidade de influenciar e inspirar outros, s√£o vitais em ambientes de trabalho colaborativos e din√Ęmicos.

4ÔłŹ‚É£ Resili√™ncia,
flexibilidade
e agilidade

A capacidade de se adaptar rapidamente a mudanças e superar desafios num mundo em constante evolução.

5ÔłŹ‚É£ Curiosidade e educa√ß√£o continuada

A disposi√ß√£o para aprender continuamente e a busca por conhecimento s√£o cruciais, pois novas tecnologias e informa√ß√Ķes surgem constantemente.

6ÔłŹ‚É£ Alfabetiza√ß√£o tecnol√≥gica

Entender o funcionamento das tecnologias, mesmo em papéis não tecnicamente focados.

7ÔłŹ‚É£ √Čtica no trabalho

√Ä medida que as preocupa√ß√Ķes √©ticas crescem, a capacidade de tomar decis√Ķes √©ticas e considerar quest√Ķes sociais e ambientais √© uma habilidade cada vez mais necess√°ria.

8ÔłŹ‚É£ Design e experi√™ncia do usu√°rio(UX)

A ênfase na experiência do usuário está crescendo, tornando as habilidades de design e usabilidade altamente procuradas.

9ÔłŹ‚É£ Motiva√ß√£o e autoconsci√™ncia

O autoconhecimento e a motivação pessoal são fundamentais para o sucesso e o bem-estar no ambiente de trabalho.

ūüĒü Empatia e escuta ativa

A capacidade de entender e se conectar com os outros em ambientes de trabalho colaborativos e diversos.

OBS: e não é que a Imagine-me tem O recurso para isso?

√Č importante destacar que as habilidades destacadas n√£o s√£o s√≥ importantes para profissionais de tecnologia! O mercado de trabalho evolui r√°pido, e a tend√™ncia √© que essas habilidades sejam importantes para todo o mercado de trabalho, abrangendo cada vez mais √°reas de atua√ß√£o.

Como fomentar as habilidades do profissional do futuro nos pequenos de hoje

O sucesso do profissional do futuro dependerá da sua capacidade de abraçar mudanças e se destacar em um mundo em constante transformação. Então, aqueles que investirem no desenvolvimento dessas habilidades desde já, independentemente da área de atuação, terão uma vantagem significativa no mundo profissional do futuro.

Por isso, √© essencial que os educadores e tutores de hoje estejam preparados para adaptar seus m√©todos e ferramentas para facilitar um aprendizado que √© guiado pela inova√ß√£o e evolu√ß√£o constantes. E √© excelente (quase que crucial!) que esse incentivo do desenvolvimento das habilidades do futuro aconte√ßa desde a inf√Ęncia. Isso porque fazer isso ajuda as crian√ßas a se prepararem para um mundo em constante evolu√ß√£o. 

Aqui est√£o algumas maneiras de promover o aprendizado dessas habilidades desde cedo:

Curiosidade

  • Responda √†s perguntas das crian√ßas, mesmo que voc√™ n√£o saiba a resposta, e pesquisem juntos.
  • Ofere√ßa uma variedade de livros, jogos e atividades que estimulem a aprendizagem e a explora√ß√£o.
  • Proporcione oportunidades para atividades art√≠sticas, como pintura, desenho, m√ļsica e teatro.
  • N√£o restrinja a imagina√ß√£o das crian√ßas. Deixe que elas criem hist√≥rias, personagens e mundos imagin√°rios.

Habilidades Tecnológicas

  • Introduza as crian√ßas √† tecnologia de forma adequada √† idade. Jogos educativos e aplicativos podem ensinar habilidades tecnol√≥gicas b√°sicas.
  • Aprender a programar em idades mais avan√ßadas pode ser ben√©fico. Existem ferramentas e cursos projetados especificamente para crian√ßas.

Habilidades Sociais

  • Promova intera√ß√Ķes sociais positivas. O brincar com outras crian√ßas ajuda a desenvolver habilidades de colabora√ß√£o e comunica√ß√£o.
  • Ensine empatia e respeito pelos outros. Incentive as crian√ßas a entenderem e valorizarem diferentes perspectivas.

Pensamento Crítico e
Resolução de Problemas

  • Apresente quebra-cabe√ßas, jogos de l√≥gica e enigmas que desafiem as habilidades de resolu√ß√£o de problemas.
  • Encoraje as crian√ßas a fazer perguntas e a pensar sobre solu√ß√Ķes para os problemas que enfrentam.

Inteligência
Emocional

  • Ajude as crian√ßas a nomear e entender suas pr√≥prias emo√ß√Ķes. Isso pode ajud√°-las a desenvolver empatia pelos sentimentos dos outros.
  • Fale sobre resolu√ß√£o de conflitos e como expressar sentimentos de maneira saud√°vel.

√Č importante lembrar que a chave √© equilibrar o aprendizado com a divers√£o: √† medida que as crian√ßas crescem, adapte as atividades e os desafios de acordo com as idades e interesses delas. 

Encoraje um ambiente de aprendizado positivo e incentive a curiosidade natural das crianças!

Um abraço!
EQUIPE IMAGINE-ME

Por que as crianças criativas serão os líderes do futuro

d√ļvida

Imagine que você está aspirando sua casa com pressa porque tem amigos chegando. Você está trabalhando duro, mas não está conseguindo limpar a casa. Você se ajoelha, abre o aspirador e retira o saco. Em uma nuvem de poeira, você percebe que está voltando à estaca zero. Tossindo, você o esvazia e se pergunta por que ainda existem aspiradores com saco!!!!!!!

Limpeza doméstica definitivamente não é para os fracos!

James Dyson, inventor e fundador dos aspiradores Dyson¬ģ, teve exatamente o mesmo problema. Mas, ele usou a solu√ß√£o criativa de problemas para encontrar a resposta. Enquanto muitas empresas se esfor√ßavam para desenvolver um filtro de aspirador melhor, ele percebeu que precisava pensar de forma diferente e encontrar uma solu√ß√£o mais criativa. Ent√£o, ele desenvolveu uma maneira revolucion√°ria de separar a sujeira do ar e inventou o primeiro aspirador sem saco do mundo.

Tcharããããmmm!!!! Criador (James Dyson) e criatura (aspirador de pó sem saco!).

A solu√ß√£o criativa de problemas √© uma maneira de resolver problemas ou identificar oportunidades quando o pensamento convencional falha. Ela lhe incentiva a buscar solu√ß√Ķes inovadoras, para que voc√™ possa formular um plano para superar obst√°culos e alcan√ßar seus objetivos.

Criatividade é a capacidade de possuir ideias originais. Sendo assim, você pode pensar de novas maneiras e resolver problemas de maneiras não convencionais se destacando em um mundo cada vez mais competitivo.

Vai muito além da inteligência espacial ou matemática Рque é aquela de quem é mestre no xadrez.

Pequenas tomadas decis√Ķes na inf√Ęncia, grandes conquistas na fase adulta

Durante a inf√Ęncia, a criatividade possui um papel muito importante, pois √© o momento em que a crian√ßa pode experimentar tomar as suas pr√≥prias decis√Ķes. Afinal, no decorrer do dia-a-dia da crian√ßa surgem dezenas de perguntas:

O que tem dentro desta caixa?

Como posso entrar nisso?

A que dist√Ęncia posso jogar essa bola?

Como posso fazer com que esses pedaços de papel grudem naquele pedaço de papel?

e muitas outras mais!

A criatividade é a chave para encontrar as respostas para essas perguntas.

Esse processo acontece ao longo de todo o processo de desenvolvimento e crescimento da crian√ßa, e envolve muita experimenta√ß√£o. A crian√ßa testa suas habilidades cognitivas e motoras ao experimentar como suas a√ß√Ķes afetam seu ambiente. Assim, pensando e agindo de acordo com seus pensamentos aut√īnomos.

N√≥s mesmos j√° falamos um pouco sobre a Autonomia infantil e respeito ao desenvolvimento das crian√ßas e a import√Ęncia de dar espa√ßo para eles desbravarem suas pr√≥prias vontades e enfrentarem suas escolhas. Confira aqui

√Č importante que, nesses momentos –mesmo que sejam um pouco tensos para quem observa! – deixe-se a crian√ßa participar da tomada de decis√Ķes de forma bastante aut√īnoma. De acordo com as pesquisadoras em pediatria Montse Esquerda Arest√© e Cristina Nolla isso √© inclusive essencial para o correto desenvolvimento da maturidade e das demais compet√™ncias da crian√ßa.

Sabe aquele fator que acompanha a tomada de decis√Ķes em toda a nossa vida?

Sim, estamos falando do emocional.

Afinal, numa tomada de decis√£o, ele pode fazer com que uma ideia se transforme completamente!

Apesar de um pouco simplista, essa imagem comunica muito bem como a razão e emoção se complementam no nosso pensar!

Conforme Zuleyvic Adriana Cu√≠cas, raz√£o e emo√ß√£o n√£o podem ser separadas. A psic√≥loga afirma que “(…) aprender a administrar as emo√ß√Ķes √© fundamental para ensinar seus filhos a tomar decis√Ķes mais assertivas.‚ÄĚ.

Ou seja, a criatividade est√° presente ao longo do grande ciclo que vivemos, aquele de experimentar tomar as nossas pr√≥prias decis√Ķes, consequentemente construir um grande repert√≥rio de viv√™ncias e seguir em busca de decis√Ķes assertivas no futuro. A criatividade nos faz experimentar todas as etapas que envolvem a tomada de decis√Ķes.

O mercado de trabalho futuro espera que as crianças de hoje resolvam problemas que sequer existem. Trabalhar o emocional desde cedo fará com que elas estejam muito mais preparadas para este desafio.

Falou em trabalhar o emocional, pensou no jogo criativo Imagine-me DOIS

√Č a√≠ que entra a criatividade!

Às vezes pensamos que estamos entre uma escolha A ou B, quando na verdade, podemos criar um caminho C, D ou quem sabe Z? Exercitar a criatividade nesses momentos nos faz encontrar uma nova solução, é gratificante!

E mais: independente de A, B ou Z, a solu√ß√£o que poder√° resolver a vida de milh√Ķes de pessoas n√£o pode nem estar no alfabeto ūüėČ

Um abraço!
EQUIPE IMAGINE-ME

Inteligência Artificial e educação: o caso do ChatGPT

O ChatGPT est√° causando um burburinho por a√≠‚Ķ e voc√™ provavelmente j√° tenha ouvido falar. √Č uma intelig√™ncia artificial de uso livre, que simula conversas em um n√≠vel t√£o realista que parece que voc√™ est√° falando com uma pessoa de verdade. Ela tem demonstrado muito potencial, mas, ao mesmo tempo, tem gerado tamb√©m muita pol√™mica e preocupa√ß√£o! Nesse texto (que, garantimos, n√£o foi escrito pelo ChatGPT) a gente te conta tudo sobre essa novidade que tem feito bocas ca√≠rem ao redor do mundo!

inteligência artificial
Nossa relação com a Inteligência Artificial ainda é um campo muito incerto

Uma inteligência artifical de criação de textos

O ChatGPT foi criado pela OpenAI – uma funda√ß√£o independente de pesquisa em intelig√™ncia artificial co-fundada por Elon Musk em 2015. Lan√ßado em novembro de 2022, ele √© um sistema treinado para interagir com os usu√°rios em forma de di√°logo, e √© capaz de criar respostas muito parecidas √†s respostas humanas. O sistema consegue criar respostas para uma gama de perguntas e prompts de escrita e os usu√°rios podem ainda solicitar reformula√ß√Ķes dos textos produzidos.


Inteligência Artificial?

Em termos mais simples, IA (Intelig√™ncia Artificial) refere-se a sistemas ou m√°quinas que mimetizam a intelig√™ncia humana para executar tarefas e podem se aprimorar iterativamente com base nas informa√ß√Ķes que eles coletam.

Fonte: Oracle
  ‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä

A ferramenta ainda est√° em fase de testes, mas traz respostas para in√ļmeras perguntas. Al√©m de j√° ser um feito e tanto por possibilitar a cria√ß√£o de conte√ļdo por parte de um rob√ī, o ChatGPT surpreende tamb√©m por escrever de uma forma muito parecida com a dos humanos. Tanto que est√° gerando pol√™mica ao redor do mundo.

A polêmica do uso da Inteligência Artficial na educação

Um exemplo √© a cidade de Nova York. Com receio de que os alunos comecem a us√°-lo para colar ou escrever suas tarefas e reda√ß√Ķes com ele, a cidade proibiu o uso da ferramenta em todos os dispositivos e redes nas escolas p√ļblicas. A preocupa√ß√£o em torno do ChatGPT √© que a ferramenta encoraje os alunos a plagiar, sem desenvolver as principais habilidades de pensamento cr√≠tico e resolu√ß√£o de problemas, importantes para o desenvolvimento acad√™mico e de vida.

rob√ī intelig√™ncia artificial aprendizado
Estaríamos nos encaminhando para um futuro de alunos robotizados pelo uso de sistemas de Inteligência Artificial?

Aqui na Imagine-me, acreditamos que o ChatGPT pode ser um √≥timo aliado para a educa√ß√£o, principalmente na √°rea das artes e ludicidade. Criar cen√°rios, desenvolver o come√ßo de hist√≥rias prontas para serem completadas.. Tamb√©m pode ser o ponto de partida para algum bloqueio de criatividade, quem sabe? 

Por isso, acreditamos que devemos enxerg√°-lo n√£o como um inimigo, mas como uma ferramenta que pode auxiliar a entender como formular perguntas corretamente, ou como ‚Äėtal coisa‚Äô poderia ser criada. Mas, n√£o devemos (pelo menos n√£o AINDA) considerar que as respostas e o uso do ChatGPT seja fonte confi√°vel de conte√ļdo para elabora√ß√£o de trabalhos ou reda√ß√Ķes. H√° a possibilidade de expandir as habilidades dos alunos, mas esse √© exatamente o desafio com essa nova ferramenta. 

Testando a criatividade da Inteligência Artificial

E, √© claro, n√£o pudemos ficar de fora! Fizemos um teste e jogamos uma rodada do Criaventura, nosso jogo de criar hist√≥rias, junto do ChatGPT. Foi assim: sorteamos 4 cartas do jogo (“vulc√£o”, “bal√£o”, “ninja” e “partir”) e solicitamos que o rob√ī criasse uma hist√≥ria usando esses elementos!

O resultado da interação (surpreeendente) você vê aqui embaixo:

Imagine-me:
Crie uma hist√≥ria usando os elementos “vulc√£o”, “ninja”, “bal√£o” e “partir”

ChatGPT:
‚ÄúHavia um vulc√£o ativo no Jap√£o, chamado o Monte Fuma√ßa. Um ninja chamado Hiro era o √ļnico que ousava se aventurar perto dele, pois ele sabia que havia riquezas escondidas dentro da montanha.
Ele planejou partir em busca delas usando um bal√£o. Ele preparou seu bal√£o e seu equipamento e partiu na manh√£ seguinte. Quando ele chegou ao topo do vulc√£o, ele desceu com suas cordas e encontrou uma c√Ęmara de tesouro cheia de ouro e j√≥ias.
Mas, enquanto ele estava coletando seus tesouros, o vulcão começou a entrar em erupção. Hiro teve que agir rapidamente para subir de volta ao seu balão e partir antes que fosse engolido pelo vulcão.
Ele conseguiu escapar e viver para contar a hist√≥ria de sua aventura perigosa e recompensadora.‚ÄĚ

Inteligência Artificial ChatGpt
E o mais legal √© que d√° pra fazer quantas varia√ß√Ķes voc√™ quiser. Aqui uma outra hist√≥ria, criada pelo ChatGPT a partir dos mesmos 4 elementos.

Curioso(a) para testar você também? Converse com o ChatGPT neste link (basta criar uma conta e está liberado :D)

Aproveite e garanta j√° um Criaventura
para criar histórias junto do ChatGPT

Vamos ficar de olho nos pr√≥ximos passos e pr√≥ximas novidades, mas podemos ter a certeza de que esses elementos da tecnologia que nos ‚Äėaproximam do futuro‚Äô vieram para ficar e devemos pensar em como melhor utiliza-los como ferramentas, principalmente na educa√ß√£o!

Boas conversas com o ChatGPT!
EQUIPE IMAGINE-ME

Que tal iniciar as crianças no mundo da fotografia infantil?

fotografia infantil

Com a facilidade de acesso ao celular pelas crianças hoje em dia, a fotografia infantil é uma possibilidade cada vez mais presente no horizonte das famílias. Guardar momentos, registrar lembranças.. mas que tal a gente fazer algumas atividades para instigar e gerar mais interesse pela fotografia por parte das crianças?

Vamos do princípio: o que é a fotografia?

A origem etimol√≥gica de ‚Äúfotografia‚ÄĚ vem do grego e quer dizer “gravar com luz“: “foto” (luz) e “graphein” (escrever, gravar).

criança praticando fotografia infantil
Fotorgrafar é como compor um texto: só que se usa o olhar e a luz ao invés do papel e caneta!

Fotografia é criação, é experimentação, é registro!
E todo momento é um momento para tirar fotos. 

A primeira fotografia propriamente dita foi obra do francês Joseph Niépce (1763-1828), no ano de 1826, mas as  primeiras experiências fotográficas de químicos e alquimistas datam de cerca 350 a.C. A primeira fotografia colorida seria criada alguns anos depois, em 1861, pelo físico escocês James Clerk Maxwell (1831-1879).

Benefícios da fotografia infantil

A fotografia é uma arte que envolve muita criatividade. Ainda, é uma ótima maneira para que as crianças possam se expressar e também é um exercício para estimular o poder de observação das crianças, desde cedo.

√Č um meio interessante para que a crian√ßa possa aprender a se adaptar: usualmente, o fot√≥grafo √© quem se adapta ao ambiente – j√° que nem sempre h√° um cen√°rio preparado em est√ļdio para tirar fotos. Visualizar a melhor maneira de captar uma boa imagem exige calma, observa√ß√£o e experimenta√ß√£o – e diferentes abordagens acabam em diferentes resultados. Isso pode ser ben√©fico para que os pequenos aprendam que, ainda que num mesmo ambiente, podem alternar pontos de vista para propostas muito diferentes de outras.

Como facilitar a fotografia infantil?

Que tal come√ßar fazendo uma experi√™ncia? Bora fazer uma c√Ęmara escura numa caixa de sapato? Vamos deixar um v√≠deo do Museu de Arte Sacra de S√£o Paulo que explica direitinho como fazer. ūüėÄ

Mas, se voc√™ preferir, pode come√ßar com o celular mesmo – caso n√£o haja acesso a alguma c√Ęmera – digital ou anal√≥gica. Segue aqui algumas umas dicas para come√ßar, na pr√°tica, a inserir as crian√ßas no mundo da fotografia:

ūüď∑

Primeiro, podemos explicar alguns recursos simples, como zoom, foco e flash.

ūüĖľÔłŹ

Mostre como fazer um bom enquadramento, centralizando um objeto, por exemplo, e também mostrando o que é a linha do horizonte.

ūüĒ¶

Trabalhar luz e sombra: testar e mostrar os mesmos detalhes com ilumina√ß√Ķes diferentes.

ūüéěÔłŹ

Deixe eles brincarem! As primeiras fotos vão sair ruins, provavelmente, mas com o tempo dá pra ir mostrando a evolução e eles entenderem o que pode ser diferente.

ūüźē

Utilize temas! Vá em um passeio e foque em um tema: pessoas, paisagens, objetos.. cada resultado vai ser diferente e pode despertar o gosto por algum tipo de foto específico na criança.

ūüĖ®ÔłŹ

Imprima as fotos! Ver as fotos no papel é uma maneira de que as crianças possam recontar aquele momento, ou explicar o que estavam querendo fazer/mostrar naquela hora. E por que não, depois de imprimir, recortar as fotos e mesclar com colagens, com desenhos, e aproveitar as fotografias para expandir o momento artístico?

ūüĎ®‚Äćūüé®

E MAIS: que tal utilizar as cartas do Imagine-me para criar desenhos que podem estar inseridos dentro das fotos que a criança tirou? 

Aproveite esses momentos de ‘aulas fotogr√°ficas’ para passar mais tempo com as crian√ßas e fazer parte da experi√™ncia! Estar presente √© √≥timo para qualquer atividade – aprender e explorar junto com eles ajuda a se sentirem seguros e confiantes.

Boas fotos!
EQUIPE IMAGINE-ME

Fontes:

https://www.tuiuti.edu.br/blog-tuiuti/diga-x-uma-breve-historia-da-fotografia
https://www.fotografia-dg.com/interesse-criancas-por-fotografia/
https://labedu.org.br/dicas-de-fotografia-para-criancas/
https://www.todamateria.com.br/historia-da-fotografia/
https://soumamae.com.br/beneficios-dos-cursos-de-fotografia-para-criancas/

Jogos de dados: muito além do tabuleiro

jogue um dado

Podemos afirmar com 99,98% de certeza que você que está lendo este texto, em algum momento da sua vida, já jogou jogos de dados, certo? Seja para jogar algum jogo, seja para decidir quem começa alguma atividade, seja jogando um RPG ou apenas por jogar um dado ao léu Рquase todo mundo já jogou um dado na vida.

Mas, o que s√£o dados?

Dados s√£o poliedros (s√≥lidos com um certo n√ļmero de faces) gravados com instru√ß√Ķes: podem ser n√ļmeros (o mais comum), textos ou at√© figuras!

Os dados s√£o utilizados para trazer aleatoriedade para alguma situa√ß√£o. √Č muito prov√°vel que voc√™ tenha jogado o dado de seis lados – o mais usual -, mas voc√™ sabia que os dados podem ter 3, 4, 8, 10, 12, 20 lados… Existe at√© dado de 100 lados!

Dados podem ter mais (ou at√© menos) do que 6 lados ūüėČ


Curiosidade

Você sabia que a soma dos lados opostos de um dado sempre dão o mesmo resultado?
No caso do dado de 6 lados, a soma é sempre 7!
O n√ļmero 1 est√° no lado o oposto ao 6; o 2 oposto ao 5; e o 3 oposto ao 4.

E agora, que tal conhecer alguns jogos de dados menos usuais?

Vamos deixar duas dicas para a utilização de dados aqui! Você pode se divertir com um jogo clássico ou mesmo uma adaptação de um jogo existente, que tal?

General

General é um jogo de dados para dois ou mais jogadores onde joga-se 5 dados para marcar jogadas em uma cartela. São 13 rodadas onde você precisa fazer trincas, quadras, sequências, somas dos dados... clique AQUI para conhecer mais as regras Рmas já adiantamos que é muito divertido!


Kiriki

O primeiro jogador lança dois dados com a ajuda de um copo (não-transparente!) e não deixa ninguém ver. Ele levanta o copo e apenas ele vê quanto deu a soma dos dois dados e, na sequência, anuncia o valor. O primeiro jogador a acertar qual foi a combinação dos dados, marca um ponto e anota num papel uma das letras da palavra KIRIKI. Se ninguém acertar, ponto de quem jogou o dado! Quem formar a palavra KIRIKI primeiro, ganha o jogo. 
Exemplo: O jogador anuncia que a soma deu 9. As combina√ß√Ķes poss√≠veis s√£o 6+3 ou 5+4.¬†

Dica:

Com dois dados, é um jogo rápido e fácil de jogar.
Você pode adicionar mais um dado e aí o jogo fica mais desafiador!

Educação infantil com desenho

Misturar com Imagine-me?!

J√° pensou em utilizar dados enquanto desenha com Imagine-me? Seja para alterar o n√ļmero de caracter√≠sticas do personagem ou ainda para adicionar detalhes aleat√≥rios, voc√™ pode criar regras alternativas e tornar o Imagine-me ainda mais divertido! ūüėĀ

Aqui vai uma dica de orienta√ß√Ķes que voc√™ pode usar:

  • 1 = Adicione (pelo menos) mais um olho;
  • 2 = Adicione mais uma boca;
  • 3 = Adicione uma pe√ßa de roupa e um acess√≥rio ao personagem;
  • 4 = Fa√ßa o personagem numa pose esquisita;
  • 5 = mude uma quantidade indicada em uma das cartas;
  • 6 = D√™ um superpoder ao personagem.

Ah, e para finalizar: você sabia que o Google disponibiliza um dado online para você utilizar aí mesmo, em qualquer momento?
Acesse AQUI e escolha quantos lados e quantos dados você quer jogar e veja a magia (na verdade, a tecnologia!) acontecer.


Boa divers√£o!
EQUIPE IMAGINE-ME

Fontes:
https://lunetas.com.br/10-jogos-de-dados-e-cartas-para-brincar-em-familia/ 
https://pt.wikipedia.org/wiki/Dado_(jogo)

Habilidades de vida: a import√Ęncia no ensino

Habilidades de vida no ensino

O ensino est√° mudando!

E isso não é de hoje.

Muito provavelmente voc√™ j√° deve ter notado essa tend√™ncia: cada vez mais escolas conteplam din√Ęmicas pontuais (ou mesmo disciplinas inteiras!) de temas como empreendedorismo e orienta√ß√£o vocacional, civilidade e cidadania, relacionamento interpessoal, tecnologia e inova√ß√£o…Ou seja: estamos em um momento em que a escola est√° se voltando para a vida pr√°tica!

E isso é uma ótima notícia!

Claro, não devemos abandonar completamente a formação teórica, mas formar para a aplicação prática de toda essa teoria é um complemento que veio para ficar e potencializar.

N√£o h√° mais espa√ßo para uma educa√ß√£o que forme “rob√īs” padronizados!

Tanto que isso que se observa hoje é a culminação de uma onda que vem de muito tempo. Já em 1997 (25 anos atrás!!!!) se pensava, seriamente, sobre o conceito de habilidades de vida.

E é sobre isso que vamos falar hoje! Vem com a gente:

Habilidades de vida: as habilidades para a vida real

As pesquisadoras em Psicologia Nat√°lia Cunha, da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), e Marisa Cosenza Rodrigues, da PUC-Campinas, em seu artigo “O desenvolvimento de compet√™ncias psicossociais como fator de prote√ß√£o ao desenvolvimento infantil” definem as habilidades de vida como compet√™ncias para uma adapta√ß√£o saud√°vel √† realidade.

E é justamente essa ideia de educar para a realidade que as torna tão relevantes para os dias de hoje. Afinal, as habilidades de vida são um conjunto de conhecimentos e habilidades (ou seja, competências) que tem como objetivo justamente ajudar a nos adaptarmos a um mundo frenético, em que a realidade muda cada vez mais rápido.

Um jeito fácil de ver como a realidade muda cada vez mais depressa é olhar para o ritmo da tecnologia: o tempo para a adoção de novas tecnologias tem ficado exponencialmente mais curto. Veja como as curvas ficam cada vez mais íngremes no gráfico.

Nesse mundo corrido, em que enfrenta-se progressivamente mais e inéditas demandas, a resiliência que as habilidades de vida proporiona é nada menos do que essencial!

Mais resilitentes, lidamos melhor com os crescentes conflitos que as mudan√ßas constantes causam no nosso dia-a-dia. E, no fim das contas, nos tornamos mais cuidadosos com a nossa pr√≥pria sa√ļde (f√≠sica e mental).

As 10 habilidades de vida

Fique tranquilo(a): não é uma lista tão estensa assim!

Abaixo listamos as 10 habilidades de vida, segundo definidas pela OMS (Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde, √≥rg√£o da ONU). Confira:

Autoconhecimento

√Č importante que cada um tenha conhecimento de suas capacidades, habilidades e seus limites. Antes de conhecer o outro, a gente precisa entender e respeitar a si mesmo.

Relacionamento interpessoal

A habilidade de se relacionar! Seja fazer uma amizade, acabar um relacionamento.. todo contato com o pr√≥ximo envolve rela√ß√Ķes! Assim, respeitando a si mesmo e ao outro, podemos trabalhar quest√Ķes como preconceitos e outras diferen√ßas que podem trazer dificuldades de relacionamento.

Empatia

A capacidade de colocar-se no lugar do outro. Ao fazer isso, a gente entende as motiva√ß√Ķes e dificuldades que o outro est√° passando – e podemos ajuda-lo de maneira mais assertiva, melhorando relacionamentos, por exemplo.

Lidar com os sentimentos

Reconhecer as emo√ß√Ķes, em si mesmo e no outro. O quanto essas emo√ß√Ķes influenciam na minha rela√ß√£o com o pr√≥ximo? Se n√£o consigo identificar e lidar com os sentimentos, √© poss√≠vel que isso v√° gerar problemas.

Lidar com o estresse

Temos que reconhecer as fontes de estresse e pensar em a√ß√Ķes para reduzi-lo ou elimina-lo. Tudo aquilo que nos desequilibra ou amea√ßa nosso bem-estar, pode apresentar um desgaste ao nosso organismo. 

Comunicação eficaz

Voc√™ pode ter autoconhecimento, lidar com suas emo√ß√Ķes.. mas precisa saber expressar suas opini√Ķes, necessidades e desejos de maneira clara! Mais do que falar, a comunica√ß√£o compreende o entender por parte do receptor da mensagem.

Pensamento crítico

A capacidade de analisar informa√ß√Ķes ou situa√ß√Ķes de diferentes √Ęngulos: pontos positivos, pontos negativos, questionar! Tudo contribui para que tenhamos opini√Ķes mais consistentes, para que sejamos mais flex√≠veis e fa√ßamos escolhas mais respons√°veis.

Pensamento criativo

Explorar alternativas disponíveis! Como resolver problemas de maneira rápida e eficaz Рsem medo de errar e parecer ridículo ao expor suas ideias? No dia-a-dia, isso ajuda a encontrar alternativas diferentes das habituais para resolver problemas triviais.

Tomada de decis√£o

A capacidade de analisar riscos, fatores e consequências de uma ação. Estimula a responsabilidade e a criação de critérios, para evitar sentimentos como culpa ou arrependimento ao tomar alguma decisão.

Resolução de problemas

Assim como o pensamento criativo, √© a habilidade de enfrentar situa√ß√Ķes adversas utilizando capacidades pessoais. Ao exercitar isso, aprende-se que resolver problemas est√° associado a um m√©todo, e n√£o sorte ou intui√ß√£o.

Como aplicar habilidades de vida, na sua vida

T√°, mas e na pr√°tica?

Afinal, se as habilidades de vida tem esse viés tão voltado para sua aplicabilidade no nosso cotidiano, como podemos trabalhá-las, objetivamente, no dia-a-dia?

N√£o por coincid√™ncia, muitas das habilidades de vida s√£o trabalhadas, de forma l√ļdica (√†s vezes sem nem perceber!), em jogos da Imagine-me:

O Imagine-me ZERO fomenta a habilidade de vida de relacionamento interpessoal, ao jogar em grupo!

Veja, ao lado, como ele faz isso ūüĎČ

Já o Imagine-me DOIS trabalha a empatia e inteligência emocional: ou seja, a habilidade de vida de lidar com os sentimentos!

Descubra como ao lado ūüĎČ

O Criaventura fomenta os pensamentos cr√≠tico e criativo com sua din√Ęmica de fazer sentido de elementos muito diferentes entre si para desenvolver hist√≥rias criativas!

Conhe√ßa os v√°√°√°rios jeitos de aplicar ūüĎČ

E você, já trabalha com as habilidades de vida no seu dia a dia?

Conta pra gente nos coment√°rios!
EQUIPE IMAGINE-ME