3 coisas que o Bob Esponja ensina sobre criatividade

Bob Esponja Criatividade

Para começo de conversa: nós adoramos o Bob Esponja

Ele foi criado pelo bi√≥logo marinho e animador Stephen Hillenburg em 1984, quando dava aulas de biologia marinha no Instituto Ocean, na Calif√≥rnia, mas s√≥ foi lan√ßado em maio de 1999. Hoje, j√° traduzido para mais de 60 idiomas, ele √© um personagem que inspira crian√ßas e adultos por todo o mundo a serem mais alegres e aut√™nticos. 

Bob Esponja ao longo dos anos

O personagem j√° passou por muitas transforma√ß√Ķes, mas sua ess√™ncia segue a mesma!

E ser mais feliz e verdadeiro em como você se mostra e interage com o mundo tem tudo a ver com criatividade! Por isso, separamos 3 coisas que o Bob Esponja pode nos ensinar sobre criatividade:

1. O Bob Esponja ensina que quem compartilha é mais criativo

Ao contr√°rio do Lula Molusco, o Bob Esponja est√° sempre interagindo – de boa f√© – com as outras pessoas. Sejam elas clientes do Siri Cascudo, vizinhos, amigos, ou mesmo totais desconhecidos. Isso porque ele sabe que as intera√ß√Ķes nos deixam mais criativos!

A abertura para interagir com coisas novas e diferentes é um excelente preditivo para identificar quanto criativo alguém é.

Um dos passos chaves da criatividade é entrar em contato com o diferente, e outras pessoas são uma fonte inesgotável de novas perspectivas, novas ideias e novas formas de ver o mundo. Tudo isso contribui para expandir os horizontes e, assim, abrir todo um leque de novas possibilidades ao se tentar criar algo novo!]

O ponto a se observar √© que √© muito importante que esse contato seja feito de cabe√ßa aberta, sem pr√©-julgamentos. Ou seja, a empatia genu√≠na deve ser o guia nessas intera√ß√Ķes: o diferente √© isso, nem pior nem melhor, mas, simplesmente, diferente! E essa diversidade toda pode ser um grande combust√≠vel para a criatividade.

2. Ter hobbies é muito importante

Ca√ßar √°gua viva, assistir o seriado do Homem-sereia e do Mexilh√£ozinho e artes marciais n√£o tem exatamente a ver com fritar hamb√ļrguer, n√©? Mas, para o Bob Esponja, todas essas experi√™ncias contribuem muito para que ele seja ainda mais criativo. 

E o mecanismo oculto que permite que isso aconte√ßa √© algo que √© conhecido como “poliniza√ß√£o cruzada“: √© quando aplicamos um conhecimento ou informa√ß√£o de uma √°rea em outra que, √† primeira vista, n√£o tem nada a ver. Mas isso √© s√≥ a primeira vista mesmo: depois percebe-se que esse conhecimento ou informa√ß√£o foi a chave para um grande avan√ßo ou inova√ß√£o nessa segunda √°rea!

O QUE √Č POLINIZA√á√ÉO CRUZADA?

A polinização cruzada acontece quando o pólen de uma flor fecunda o estigma de outra flor. Isso se dá por fatores como o vento, insetos ou pássaros que levam o pólen de uma flor para outra de outra espécie. Utilizamos esse termo quando algum hobby, estudo ou trabalho acaba fornecendo alguma habilidade em outra área de conhecimento.

Por exemplo: voc√™ vai fazer um curso de culin√°ria e consegue aplicar algumas metodologias no seu trabalho como professor de ensino infantil; ou quando voc√™ se d√° conta que alguns ensinamentos da sua aula de nata√ß√£o funcionam tamb√©m no seu trabalho como artes√£o. 

Ou ainda, no caso do Bob Esponja, quando os conhecimentos sobre ca√ßar √°gua-viva acabam se provando fundamentais para se livrar do Pl√Ęnkton, ou salvar a Fenda do Biquini de um cataclisma.

3. O Bob Esponja não tem medos, como uma criança

Mas talvez a principal dica venha pelo fato de, mesmo sendo um adulto, o Bob Esponja ter, no geral, uma atitude de experimentação infantil!

Sem medo de passar vergonha ou fazer coisas bobas, ele vê e age.

Isso tem muito a ver com cultivar o olhar de uma criança!

Ser guiado por valores intrínsecos como curiosidade e otimismo, muito mais do que pelo que se acha que os outros pensarão dele.


E então, você tem uma atitude de compartilhamento?

Cultiva hobbies variados?

E prioriza a experimentação sobre o julgamento?

Se sim, parabéns, você é uma pessoa muito criativa!

Se não, nunca é tarde para mudar, e buscar integrar algumas dicas deste texto no seu dia-a-dia!

Independentemente do estado atual do seu progresso criativo, você pode ter certeza que tem nos jogos da Imagine-me uma ótima oportunidade para exercitar ainda mais a sua criatividade (e a dos outros). Isso porque eles facilitam criar junto, integrar conhecimentos variados na atividade, e desinibir-se criativamente.

‚Ķe, assim, quem sabe, acabar ficando t√£o criativo quanto o Bob Esponja ūü§ó

Um abraço!
EQUIPE IMAGINE-ME

Fonte
https://www.em.com.br/app/noticia/cultura/2021/04/22/interna_cultura,1259461/bob-esponja-22-anos-as-licoes-do-coaching-motivacional-de-calca-quadrada.shtml

Por que as crianças criativas serão os líderes do futuro

d√ļvida

Imagine que você está aspirando sua casa com pressa porque tem amigos chegando. Você está trabalhando duro, mas não está conseguindo limpar a casa. Você se ajoelha, abre o aspirador e retira o saco. Em uma nuvem de poeira, você percebe que está voltando à estaca zero. Tossindo, você o esvazia e se pergunta por que ainda existem aspiradores com saco!!!!!!!

Limpeza doméstica definitivamente não é para os fracos!

James Dyson, inventor e fundador dos aspiradores Dyson¬ģ, teve exatamente o mesmo problema. Mas, ele usou a solu√ß√£o criativa de problemas para encontrar a resposta. Enquanto muitas empresas se esfor√ßavam para desenvolver um filtro de aspirador melhor, ele percebeu que precisava pensar de forma diferente e encontrar uma solu√ß√£o mais criativa. Ent√£o, ele desenvolveu uma maneira revolucion√°ria de separar a sujeira do ar e inventou o primeiro aspirador sem saco do mundo.

Tcharããããmmm!!!! Criador (James Dyson) e criatura (aspirador de pó sem saco!).

A solu√ß√£o criativa de problemas √© uma maneira de resolver problemas ou identificar oportunidades quando o pensamento convencional falha. Ela lhe incentiva a buscar solu√ß√Ķes inovadoras, para que voc√™ possa formular um plano para superar obst√°culos e alcan√ßar seus objetivos.

Criatividade é a capacidade de possuir ideias originais. Sendo assim, você pode pensar de novas maneiras e resolver problemas de maneiras não convencionais se destacando em um mundo cada vez mais competitivo.

Vai muito além da inteligência espacial ou matemática Рque é aquela de quem é mestre no xadrez.

Pequenas tomadas decis√Ķes na inf√Ęncia, grandes conquistas na fase adulta

Durante a inf√Ęncia, a criatividade possui um papel muito importante, pois √© o momento em que a crian√ßa pode experimentar tomar as suas pr√≥prias decis√Ķes. Afinal, no decorrer do dia-a-dia da crian√ßa surgem dezenas de perguntas:

O que tem dentro desta caixa?

Como posso entrar nisso?

A que dist√Ęncia posso jogar essa bola?

Como posso fazer com que esses pedaços de papel grudem naquele pedaço de papel?

e muitas outras mais!

A criatividade é a chave para encontrar as respostas para essas perguntas.

Esse processo acontece ao longo de todo o processo de desenvolvimento e crescimento da crian√ßa, e envolve muita experimenta√ß√£o. A crian√ßa testa suas habilidades cognitivas e motoras ao experimentar como suas a√ß√Ķes afetam seu ambiente. Assim, pensando e agindo de acordo com seus pensamentos aut√īnomos.

N√≥s mesmos j√° falamos um pouco sobre a Autonomia infantil e respeito ao desenvolvimento das crian√ßas e a import√Ęncia de dar espa√ßo para eles desbravarem suas pr√≥prias vontades e enfrentarem suas escolhas. Confira aqui

√Č importante que, nesses momentos –mesmo que sejam um pouco tensos para quem observa! – deixe-se a crian√ßa participar da tomada de decis√Ķes de forma bastante aut√īnoma. De acordo com as pesquisadoras em pediatria Montse Esquerda Arest√© e Cristina Nolla isso √© inclusive essencial para o correto desenvolvimento da maturidade e das demais compet√™ncias da crian√ßa.

Sabe aquele fator que acompanha a tomada de decis√Ķes em toda a nossa vida?

Sim, estamos falando do emocional.

Afinal, numa tomada de decis√£o, ele pode fazer com que uma ideia se transforme completamente!

Apesar de um pouco simplista, essa imagem comunica muito bem como a razão e emoção se complementam no nosso pensar!

Conforme Zuleyvic Adriana Cu√≠cas, raz√£o e emo√ß√£o n√£o podem ser separadas. A psic√≥loga afirma que “(…) aprender a administrar as emo√ß√Ķes √© fundamental para ensinar seus filhos a tomar decis√Ķes mais assertivas.‚ÄĚ.

Ou seja, a criatividade est√° presente ao longo do grande ciclo que vivemos, aquele de experimentar tomar as nossas pr√≥prias decis√Ķes, consequentemente construir um grande repert√≥rio de viv√™ncias e seguir em busca de decis√Ķes assertivas no futuro. A criatividade nos faz experimentar todas as etapas que envolvem a tomada de decis√Ķes.

O mercado de trabalho futuro espera que as crianças de hoje resolvam problemas que sequer existem. Trabalhar o emocional desde cedo fará com que elas estejam muito mais preparadas para este desafio.

Falou em trabalhar o emocional, pensou no jogo criativo Imagine-me DOIS

√Č a√≠ que entra a criatividade!

Às vezes pensamos que estamos entre uma escolha A ou B, quando na verdade, podemos criar um caminho C, D ou quem sabe Z? Exercitar a criatividade nesses momentos nos faz encontrar uma nova solução, é gratificante!

E mais: independente de A, B ou Z, a solu√ß√£o que poder√° resolver a vida de milh√Ķes de pessoas n√£o pode nem estar no alfabeto ūüėČ

Um abraço!
EQUIPE IMAGINE-ME

Inteligência Artificial e educação: o caso do ChatGPT

O ChatGPT est√° causando um burburinho por a√≠‚Ķ e voc√™ provavelmente j√° tenha ouvido falar. √Č uma intelig√™ncia artificial de uso livre, que simula conversas em um n√≠vel t√£o realista que parece que voc√™ est√° falando com uma pessoa de verdade. Ela tem demonstrado muito potencial, mas, ao mesmo tempo, tem gerado tamb√©m muita pol√™mica e preocupa√ß√£o! Nesse texto (que, garantimos, n√£o foi escrito pelo ChatGPT) a gente te conta tudo sobre essa novidade que tem feito bocas ca√≠rem ao redor do mundo!

inteligência artificial
Nossa relação com a Inteligência Artificial ainda é um campo muito incerto

Uma inteligência artifical de criação de textos

O ChatGPT foi criado pela OpenAI – uma funda√ß√£o independente de pesquisa em intelig√™ncia artificial co-fundada por Elon Musk em 2015. Lan√ßado em novembro de 2022, ele √© um sistema treinado para interagir com os usu√°rios em forma de di√°logo, e √© capaz de criar respostas muito parecidas √†s respostas humanas. O sistema consegue criar respostas para uma gama de perguntas e prompts de escrita e os usu√°rios podem ainda solicitar reformula√ß√Ķes dos textos produzidos.


Inteligência Artificial?

Em termos mais simples, IA (Intelig√™ncia Artificial) refere-se a sistemas ou m√°quinas que mimetizam a intelig√™ncia humana para executar tarefas e podem se aprimorar iterativamente com base nas informa√ß√Ķes que eles coletam.

Fonte: Oracle
  ‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä‚†Ä

A ferramenta ainda est√° em fase de testes, mas traz respostas para in√ļmeras perguntas. Al√©m de j√° ser um feito e tanto por possibilitar a cria√ß√£o de conte√ļdo por parte de um rob√ī, o ChatGPT surpreende tamb√©m por escrever de uma forma muito parecida com a dos humanos. Tanto que est√° gerando pol√™mica ao redor do mundo.

A polêmica do uso da Inteligência Artficial na educação

Um exemplo √© a cidade de Nova York. Com receio de que os alunos comecem a us√°-lo para colar ou escrever suas tarefas e reda√ß√Ķes com ele, a cidade proibiu o uso da ferramenta em todos os dispositivos e redes nas escolas p√ļblicas. A preocupa√ß√£o em torno do ChatGPT √© que a ferramenta encoraje os alunos a plagiar, sem desenvolver as principais habilidades de pensamento cr√≠tico e resolu√ß√£o de problemas, importantes para o desenvolvimento acad√™mico e de vida.

rob√ī intelig√™ncia artificial aprendizado
Estaríamos nos encaminhando para um futuro de alunos robotizados pelo uso de sistemas de Inteligência Artificial?

Aqui na Imagine-me, acreditamos que o ChatGPT pode ser um √≥timo aliado para a educa√ß√£o, principalmente na √°rea das artes e ludicidade. Criar cen√°rios, desenvolver o come√ßo de hist√≥rias prontas para serem completadas.. Tamb√©m pode ser o ponto de partida para algum bloqueio de criatividade, quem sabe? 

Por isso, acreditamos que devemos enxerg√°-lo n√£o como um inimigo, mas como uma ferramenta que pode auxiliar a entender como formular perguntas corretamente, ou como ‚Äėtal coisa‚Äô poderia ser criada. Mas, n√£o devemos (pelo menos n√£o AINDA) considerar que as respostas e o uso do ChatGPT seja fonte confi√°vel de conte√ļdo para elabora√ß√£o de trabalhos ou reda√ß√Ķes. H√° a possibilidade de expandir as habilidades dos alunos, mas esse √© exatamente o desafio com essa nova ferramenta. 

Testando a criatividade da Inteligência Artificial

E, √© claro, n√£o pudemos ficar de fora! Fizemos um teste e jogamos uma rodada do Criaventura, nosso jogo de criar hist√≥rias, junto do ChatGPT. Foi assim: sorteamos 4 cartas do jogo (“vulc√£o”, “bal√£o”, “ninja” e “partir”) e solicitamos que o rob√ī criasse uma hist√≥ria usando esses elementos!

O resultado da interação (surpreeendente) você vê aqui embaixo:

Imagine-me:
Crie uma hist√≥ria usando os elementos “vulc√£o”, “ninja”, “bal√£o” e “partir”

ChatGPT:
‚ÄúHavia um vulc√£o ativo no Jap√£o, chamado o Monte Fuma√ßa. Um ninja chamado Hiro era o √ļnico que ousava se aventurar perto dele, pois ele sabia que havia riquezas escondidas dentro da montanha.
Ele planejou partir em busca delas usando um bal√£o. Ele preparou seu bal√£o e seu equipamento e partiu na manh√£ seguinte. Quando ele chegou ao topo do vulc√£o, ele desceu com suas cordas e encontrou uma c√Ęmara de tesouro cheia de ouro e j√≥ias.
Mas, enquanto ele estava coletando seus tesouros, o vulcão começou a entrar em erupção. Hiro teve que agir rapidamente para subir de volta ao seu balão e partir antes que fosse engolido pelo vulcão.
Ele conseguiu escapar e viver para contar a hist√≥ria de sua aventura perigosa e recompensadora.‚ÄĚ

Inteligência Artificial ChatGpt
E o mais legal √© que d√° pra fazer quantas varia√ß√Ķes voc√™ quiser. Aqui uma outra hist√≥ria, criada pelo ChatGPT a partir dos mesmos 4 elementos.

Curioso(a) para testar você também? Converse com o ChatGPT neste link (basta criar uma conta e está liberado :D)

Aproveite e garanta j√° um Criaventura
para criar histórias junto do ChatGPT

Vamos ficar de olho nos pr√≥ximos passos e pr√≥ximas novidades, mas podemos ter a certeza de que esses elementos da tecnologia que nos ‚Äėaproximam do futuro‚Äô vieram para ficar e devemos pensar em como melhor utiliza-los como ferramentas, principalmente na educa√ß√£o!

Boas conversas com o ChatGPT!
EQUIPE IMAGINE-ME

Vamos aquecer o cérebro?

Você sabia que a grande maioria dos trabalhadores levam minutos e até horas até começar a produzir tudo o que pode no dia a dia laboral? Principalmente em atividades onde a criatividade é muito demandada. Quem nunca se sentiu como um carro que falha diversas vezes antes de finalmente ligar? Quando tudo vem à cabeça, exceto as ideias das quais você necessita?

Para melhores resultados, os cérebros da sua equipe devem estar aquecidos, prontos para entrar no campo de jogo como uma equipe esportiva. E mais, prontos para ganhar o jogo! Aquecer significa, resumidamente, preparar seu corpo para uma atividade.

‚Äú √Č como se voc√™ avisasse, com anteced√™ncia, que seus m√ļsculos, articula√ß√Ķes, c√©rebro, cora√ß√£o, pulm√Ķes e outros √≥rg√£os envolvidos na atividade f√≠sica eles ser√£o submetidos a um esfor√ßo intenso, permitindo que o organismo se prepare e re√ļna as melhores condi√ß√Ķes para corresponder a esse est√≠mulo.”

VivaBem Uol
O pensamento também precisa de um pouco de movimento Рimaginativo Рpara não enferrujar!

Conheça 3 dicas surpreendentes para aquecer a criatividade

Ao nos propormos a fazer alguma atividade mental, podemos (e devemos!) tamb√©m aquecer o c√©rebro! Aqui v√£o algumas dicas do que fazer para ativar seus “m√ļsculos mentais“:

ūüöį

Beba √°gua

ideal para despertar seu metabolismo e refrescar seu cérebro;

ūüĆÖ

Exercite-se pela manh√£

Despertar seu corpo potencializa os exercícios para o cérebro que você faz ao longo do dia;

ūüéß

Ou√ßa m√ļsicas

A m√ļsica faz o c√©rebro produzir dopamina, neurotransmissor que ajuda a regular os centros de prazer e recompensa, bem como as respostas emocionais e de motiva√ß√£o;

Agora, a dica mais valiosa de todas para trabalhar o cérebro.

Não, não estamos falando daqueles jogos manjados, ineficientes e sem graça que farão com que toda a sua equipe seja a campeã do tédio. Nós temos a indicação certa: o Imagine-me ZERO?

Com ele, voc√™ pode – tanto individualmente quanto em grupo – exercitar o seu c√©rebro de maneira r√°pida antes de uma atividade. Defina um tempo curto (30 segundos, 1 minuto) e fa√ßa alguns desenhos para ir desenferrujando e voc√™ ver√° que as atividades fluir√£o de maneira mais org√Ęnica. O resultado: uma equipe mais criativa, motivada e os seus clientes extremamente satisfeitos.

Corra e saia na frente da sua concorrência, clicando aqui
EQUIPE IMAGINE-ME

Revis√£o:
Vinicius Motta Oliveira

Fontes:
https://tommasi.com.br/blog/10-dicas-para-energizar-o-seu-cerebro/
https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2019/04/05/qual-a-importancia-do-aquecimento-e-como-preparar-bem-o-corpo-para-correr.htm

5 exercícios criativos que mostram porque a memória é um dos pilares da criatividade

memória digital

Qualquer aprendizagem requer uma boa memória. Tudo que aprendemos, todas as lembranças que temos em viagens e aprendizados culturais, tudo está na nossa cabeça graças à memória.

Mas por que lembramos de algumas coisas e outras não? E por que memórias desaparecem? Antes de tentarmos responder todas essas perguntas, é importante entender: 

Como as memórias se formam?

Quando voc√™ vivencia algo, essa experi√™ncia √© convertida em um pulso de energia el√©trica que percorre uma rede de neur√īnios. A informa√ß√£o chega na mem√≥ria de curto prazo, onde fica dispon√≠vel de alguns segundos a at√© poucos minutos.

Ap√≥s isso, √© transferida para a mem√≥ria de longo prazo atrav√©s de √°reas como o hipocampo, e finalmente at√© v√°rias regi√Ķes de armazenamento atrav√©s do c√©rebro. Os neur√īnios do c√©rebro interagem entre si atrav√©s de comunica√ß√Ķes chamadas de sinapses – usando neurotransmissores especializados.¬†

sinapse e memória
Nesse exato momento várias sinapses como essa estão fortalecendo a sua memória deste texto

Quando dois neur√īnios se comunicam bastante, a efici√™ncia dessa comunica√ß√£o aumenta – esse processo √© chamado de ‚Äėpotencia√ß√£o de longa dura√ß√£o‚Äô e faz as mem√≥rias serem armazenadas a longo prazo.

Mas como perdemos a memória?

Não, não é por meio de nenhuma tecnologia de ficção científica

Um dos fatores que contribui com a perda da mem√≥ria √© o envelhecimento. Com o passar do tempo, as sinapses come√ßam a falhar e fica mais dif√≠cil lembrar das coisas. Tamb√©m com a idade os problemas de sa√ļde mental e f√≠sica aumentam, aumentando nossa perda de aten√ß√£o.

Stress, depress√£o e at√© o isolamento tamb√©m s√£o fatores que contribuem para nossa perda de mem√≥ria. N√£o se sabe bem a raz√£o, mas h√° sinais de que a intera√ß√£o social p√Ķe o c√©rebro para trabalhar.

Mas, podemos ‚Äėexercitar‚Äô o c√©rebro para ajudar a nossa mem√≥ria? Sim, podemos!

Os exerc√≠cios, tanto f√≠sicos quanto mentais, colaboram com o aumento do fluxo sangu√≠neo. Desafios como ‚Äėaprender um novo idioma‚Äô, por exemplo, √© uma das melhores estrat√©gias para manter o c√©rebro em dia e as mem√≥rias intactas.

Vamos exercitar nossa memória?

Capricha nesses agachamentos cerebrais!

1ÔłŹ‚É£

Pratique jogos como caça-palavras, cruzadinhas, sudoku ou mesmo um quebra-cabeças! Além de se divertir, essas atividades ativam nossas memórias e fazem com que de fato a gente exercite o cérebro. 

Faça atividades físicas, como academia ou caminhadas.
O corpo precisa estar bem para poder mandar os nutrientes necessários para o cérebro trabalhar.

2ÔłŹ‚É£

3ÔłŹ‚É£

Leia um livro e depois conte-o para alguém.
Você vai estar exercitando a memória e ainda estar saudoso, relembrando do livro Рe atento aos detalhes, hein!?

Socialize com amigos e familiares.
Ao socializar, ouvimos hist√≥rias que ativam a nossa mem√≥ria. Essa mistura √© √≥tima para gerar novas conex√Ķes e ideias, misturando o que ouvimos com o que j√° conhecemos. Quem nunca teve uma √≥tima ideia enquanto conversava com outras pessoas?

4ÔłŹ‚É£

5ÔłŹ‚É£

Quebre sua rotina Рuse o mouse/caneta com a mão não-dominante (assim como os desafios do Cria+:desafio). São muitos desafios que vão te ajudar a exercitar o cérebro e se divertir ao mesmo tempo! Já pensou em desenhar de ponta-cabeça?

Precisamos utilizar a criatividade para exercitar a memória para poder utilizar a memória para exercitar a criatividade Рque ciclo hein?!

Boa memória!
EQUIPE IMAGINE-ME

Fontes:
https://www.opet.com.br/blog/interna/4-dicas-de-como-usar-criatividade-na-manutencao-de-uma-boa-memoria
https://www.ted.com/talks/catharine_young_how_memories_form_and_how_we_lose_them/transcript?language=pt&subtitle=pt-br

Bloqueio criativo nas crianças: 4 dicas para lidar!

bloqueio criativo

A inf√Ęncia √© um per√≠odo muito importante para o desenvolvimento da nossa criatividade. Incentivar o desenvolvimento desde os primeiros anos de vida √© parte de um crescimento saud√°vel e capaz de proporcionar v√°rios benef√≠cios no futuro, contribuindo at√© mesmo para o sucesso na vida acad√™mica e profissional de cada um. Ao mesmo tempo, um bloqueio criativo pode gerar frustra√ß√£o e at√© mesmo traumas que podem acompanhar a crian√ßa durante a sua vida inteira.

Jean Piaget, psic√≥logo conhecido por seu trabalho em desenvolvimento infantil durante o s√©culo 20, certa vez disse: ‚ÄúA inf√Ęncia √© o tempo de maior criatividade na vida de um ser humano.‚ÄĚ. Por isso √© necess√°rio que se incentive e exercite a criatividade e a imagina√ß√£o desde cedo! Tanto na fam√≠lia quanto no ambiente escolar, a criatividade pode tanto ser amplificada quanto tolhida.¬†

Assim, precisamos valorizar e incentivar a expressão criativa das crianças!

Mas e quando a criança fica sem ideias?

Ser√° que elas conseguem identificar isso?
Ou elas apenas ficam irritadas e não sabem o porquê?

crianças com bloqueio criativo
……………………………..

Sabe aquelas conex√Ķes que s√≥ as crian√ßas s√£o capazes de fazer? Elas s√£o Reflexo da imagina√ß√£o e criatividade a mil dos pequenos! Acontece que os bloqueios mentais impedem esse fluxo criativo – e a√≠ vem aquele ‘branco’, aquela falta de ideias e um momento onde elas n√£o sabem bem o que est√° acontencendo mas ‘nenhuma ideia vem!‘ (quem nunca ouviu isso? heheh).

O mais importante é reconhecer esse sentimento para entender e fazer algo a respeito.

Mas o que posso fazer com relação a esse bloqueio criativo?

Aqui mesmo no nosso blog j√° demos dicas de como estimular a criatividade infantil e tamb√©m dicas de como ter uma rotina criativa com as crian√ßas. √Č importante conversar com a crian√ßa para saber como ela est√° se sentindo quando estiver sem ideias ou num bloqueio criativo. N√£o fa√ßa tempestade em copo d‚Äô√°gua: fa√ßa alguns exerc√≠cios diferentes da rotina e m√£os √† obra!

√Č necess√°rio, al√©m de deixar o pensamento da crian√ßa fluir de maneira solta, incentivar atrav√©s de exerc√≠cios ou atividades ben√©ficas para o desenvolvimento da criatividade:

1

Atividades onde cada um escolhe um animal e tem que pensar: “como meu animal reagiria a x situa√ß√£o?”

Crie concursos de coisas inimagin√°veis, como “qual a frase mais longa” ou ainda “qual o nome de animal mais comprido que voc√™ consegue criar?“. Ou ainda pode usar o Cria+: Desafio para ficar mais instigante o concurso! ūüėĄ

2

3

Desenhe qualquer coisa a partir de uma combinação de 3 palavras aleatórias! Ou ainda, utilize o Imagine-me para ajudar a desbloquear as ideias

4

Não faça nada!

Criar um espaço vazio na cabeça e na rotina é fundamental para a criação de novas ideias.

bloqueio criativo o que fazer
Com licença, estou fazendo nada, obrigado.

E aí, já aconteceu um momento desse com seus filhos ou seus alunos?
Como foi que você conseguiu lidar?
Escreva para n√≥s nos coment√°rios como voc√™ lidou com essa situa√ß√£o ūüĎá

Enquanto voc√™ vai pensando, d√™ uma olhada nos jogos educativos que recomendamos a√≠ em cima. O Combo Imagine-me e o Cria+: Desafio s√£o excelentes recursos para desinibi√ß√£o criativa, especialmente em crian√ßas! 

Que a criatividade flua!
EQUIPE IMAGINE-ME

Fontes: Canal Big Bag, Ih Criei, Domestika, Guia do Futuro, Gazeta do Povo, Boxkids e Viver de blog.